Hugo conquista prêmio internacional por tratamento de AVC

Unidade de saúde do Governo de Goiás é a primeira no estado a receber o Angels Award. Tempo médio de atendimento desses pacientes no local é de 10 minutos, a média nacional é de 25 minutos



O Hospital de Urgências de Goiás Dr. Valdemiro Cruz (Hugo) recebeu, nesta quinta-feira (27/08), a certificação internacional Angels Award, na categoria Platinum, pelo atendimento de pacientes com acidente vascular cerebral (AVC), segunda maior causa de morte no mundo por doença e primeira causa de sequela neurológica irreversível em adulto. O selo é conferido pela World Stroke Organization e Sociedade Ibero-americana de Enfermidades Cerebrovasculares e confirma a evolução da unidade do Governo de Goiás na qualificação do serviço de saúde.

O titular da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, Sérgio Vencio, lembra que, desde 2021, a pasta esteve à frente da organização dos fluxos assistenciais com neurologistas para estruturar o Projeto Angels, o que resultou em atuação de excelência, com redução do tempo de atendimento e tratamento dos pacientes que chegam à unidade com suspeita de AVC – o primeiro socorro para evitar mortes e sequelas é fundamental. A cada minuto, quase 2 milhões de neurônios são perdidos no cérebro de um paciente nessa situação.

Com a implantação do Projeto Angels, em março de 2022, a emergência do Hugo passou a contar com a presença de neurologista 24 horas por dia, 7 dias da semana. Desde então, a unidade realizou 212 trombólises, processo pelo qual se dissolve um trombo formado na corrente sanguínea. Com a introdução do Código AVC, o atendimento médio do paciente que chega à unidade com suspeita da doença passou a ser de 10 minutos, enquanto no país é de 25 minutos.

"Essa certificação vem reforçar a importância e a qualidade que nós temos na unidade estadual. A ideia é que possamos ampliar esse serviço para telemedicina, para que esses neurologistas possam orientar os hospitais do interior e melhorar cada vez mais o tempo de atendimento desses pacientes dentro do próprio Hugo", diz a superintendente de Políticas e Atenção Integral à Saúde (Spais/SES-GO), Paula dos Santos Pereira.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Últimas