Núcleos de Epidemiologia do Hetrin, HEF e HCN recebem certificado de reconhecimento

         As unidades atingiram a meta de 100% dos indicadores de notificações compulsórias



Os Núcleos de Epidemiologia dos hospitais estaduais de Trindade (Hetrin), Formosa (HEF) e Centro-Norte Goiano (HCN) receberam o certificado de reconhecimento concedido pela Secretaria de Estado de Saúde de Goiás (SES-GO), pelo trabalho desenvolvido, com excelência, em prol da saúde pública do estado. As três unidades hospitalares são gerenciadas pelo Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento (IMED).

Vinculados ao Ministério da Saúde, os Núcleos Hospitalares de Epidemiologia, conhecidos como NHEs, têm como missão detectar, monitorar e apresentar uma resposta imediata às possíveis emergências de saúde pública que vierem a ser identificadas no âmbito hospitalar.

No dia a dia, esses profissionais se dedicam ao registro das notificações compulsórias, que são os comunicados obrigatórios às autoridades da área da saúde sobre a ocorrência de qualquer suspeita ou confirmação de doença, agravo ou evento que possa trazer graves consequências à comunidade. Por meio desse registro e monitoramento, é possível agir rapidamente e se antever de possíveis surtos.

É importante lembrar que cada doença ou agravo necessita de um prazo de investigação estabelecido pelo Ministério da Saúde. Prazo este que vem sendo minuciosamente cumprido dentro do Hetrin, HEF e HCN.

Para Leiliana Araújo da Silva Tomé, coordenadora e enfermeira do NHE do hospital de Trindade, monitorar o perfil epidemiológico das doenças é o melhor caminho para planejar ações e medidas de controle. “Aqui, informamos os dados das notificações de 24h para a Secretaria do Estado. Esse certificado confirma a importância dessa dedicação”, explica ela, que ao lado da técnica de enfermagem Gabriela Vitória e da assistente administrativa Amanda Cristina Silva Cordeiro, compõem o Núcleo de Trindade.

O mesmo cenário de excelência em atingir a meta de 100% dos indicadores de notificações compulsórias também é praticado no “Gigante do Norte”. De acordo com Fhadya Costa, enfermeira e responsável pelo núcleo de epidemiologia do HCN, mais do que cumprir metas e prazos, o essencial é zelar pela saúde da comunidade. “Sabemos que, dependendo das suspeitas ou das doenças detectadas, é essencial agir de forma oportuna para elaborar medidas de prevenção.”

Com a “tripla” certificação concedida às unidades da SES-GO, o IMED continua com seu compromisso de zelar pela segurança e bem-estar dos pacientes que passam pelas unidades.


Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Últimas