Projeto Trakinagem realiza webinário com a pesquisadora e professora da UFRJ, Adriana Fresquet

 


Como oficinas de cinema podem contribuir na formação de crianças e jovens? Este é o tema do webinário do Trakinagem, que convidou Adriana Fresquet, pesquisadora e professora na Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), coordenadora do Grupo CINEAD: Laboratório de Educação, Cinema e Audiovisual e membro fundadora da Rede KINO (Rede Latino-Americana de Cinema e Educação), para participar do webinário com o instrutor do projeto e doutor em cinema e educação Cristiano Barbosa. O objetivo do bate-papo é apresentar as potencialidades de aprendizagem do Trakinagem e outros projetos de cinema e educação para educadores formais e informais do Brasil. O vídeo ficará disponível no canal do projeto em youtube.com/trakinagemcine a partir do dia 22 de dezembro. 

“Adriana Fresquet é o principal nome na área de educação e cinema no Brasil, com vasta experiência como professora e pesquisadora. Seu conhecimento contribuirá significativamente para educadores que buscam aprimorar suas práticas educacionais por meio da integração entre práticas educativas e o audiovisual. Será uma honra tê-la conosco nesse webinário”, afirma o instrutor Cristiano Barbosa.

O webinário oferecerá uma oportunidade única para educadores, profissionais da área e entusiastas do cinema e educação explorarem as inovações trazidas pela metodologia Trakinagem através da visão de Adriana. 

Para Fresquet, o cinema possibilita uma educação e reeducação com a vida. "Por meio dele, novas formas de ver e sentir o real são produzidas e ampliadas. Criar e ver filmes são experiências coletivas de muito aprendizado dentro e fora da escola. O audiovisual é uma ferramenta potente que produz gestos muito poéticos e sensíveis. E o Trakinagem é um projeto maravilhoso que vem sendo desenvolvido há muitos anos e se preocupa com jeito poético, sensível, político do ato de ver, produzir e compartilhar imagens, que se preocupa com a educação pública, com a curadoria, que tenta colocar crianças em contato com obras de valor local, nacional e internacional e fazer o diálogo, essa ética com as imagens, essa ética política do encontro com o outro. Aproveito para dar os parabéns ao Cristiano e toda a produção do Trakinagem”, enfatiza Adriana. 

De acordo com Carolina Toffoli Rodrigues, gerente do Instituto Algar, esse webinário, será um verdadeiro marco para o projeto Trakinagem. “A abordagem de Adriana Fresquet e conhecimento profundo enriquecerão a discussão sobre o cinema, proporcionando uma experiência valiosa para todos os participantes. Que esse seja apenas o início de muitas outras iniciativas enriquecedoras, e que possamos continuar promovendo ações que inspirem e transformem a educação”, disse Carolina.

O projeto Trakinagem Cinema e Educação é patrocinado pelo Instituto Algar, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, realizado pela produtora O Sopro do Tempo e Governo de Minas Gerais. Governo Diferente, Estado Eficiente.

Sobre o Instituto Algar  

Há mais de duas décadas, o Instituto Algar se dedica a contribuir com o desenvolvimento de pessoas. De forma colaborativa, unimos esforços e instituições para desenvolver a comunidade, por meio da educação, do esporte, da cultura e do voluntariado. Enxergar o potencial de cada criança, adolescente e jovem dos nossos programas sociais é o que nos inspira. Nessa trajetória, mais de meio milhão de vidas já foram transformadas. Instituto Algar; conectando pessoas às oportunidades.    

Sobre a produtora O Sopro do Tempo  

Produtora de cinema e audiovisual criada em 2009 na cidade de Uberlândia que conta com diversos filmes exibidos e premiados em diversos festivais no Brasil e no exterior. Na sua filmografia consta 16 filmes de curta metragem (13 de ficção e 3 documentários), 06 filmes de longa metragem (1 ficção e 5 documentários) e 01 Série para TV com 10 episódios. É também realizadora das mostras de cinema Contorno – Cinema Independente e da Borda, e do Trakinagem Cinema e Educação, visando educação, formação de público e o fomento da cadeia produtiva do cinema. Saiba mais em: www.osoprodotempo.com.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Últimas