Ala de Saúde Mental do HCN já realizou quase 600 internações e atendimentos à população goiana

Unidade do governo de Goiás reforça a importância da promoção da saúde mental durante a campanha Setembro Amarelo

 

HCN - Hospital Estadual do Centro-norte Goiano | IMED - Instituto de Medicina Estudos e Desenvolvimento | Ala da Saúde Mental
(Divulgação)


O mês de setembro é marcado por uma importante campanha de conscientização: o Setembro Amarelo, uma iniciativa global que tem como principal objetivo a prevenção do suicídio e a promoção da saúde mental. Neste contexto, a ala de Saúde Mental do Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano(HCN) desempenha um papel fundamental, pois é onde muitas pessoas que enfrentam transtornos mentais encontram apoio especializado e tratamento adequado.

A ala de Saúde Mental de um hospital é um ambiente dedicado ao cuidado de pacientes com transtornos, onde também são realizadas atividades educativas para aumentar a conscientização sobre as questões de saúde mental. Além disso, os profissionais de saúde mental na unidade estão preparados para identificar sinais de alerta e oferecer tratamento adequado, contribuindo assim para o cuidado dos pacientes.

O HCN conta com uma equipe multiprofissional, com psicólogos, médicos, serviço social, terapeutas ocupacionais, enfermeiros e técnicos de enfermagem capacitados para realizar o atendimento de paciente em tratamento na unidade de saúde mental, além de um setor de diagnóstico de imagens e laboratoriais que possui equipamentos de alta tecnologia.

 

“A ala de Saúde Mental, dentro de um hospital como o HCN, ajuda a reduzir o estigma em torno das doenças e transtornos mentais, tanto dos familiares quanto dos pacientes, ao mostrar que tratar da saúde mental é tão importante quanto tratar da saúde física e outras condições médicas”, afirma Valdilene Silva, coordenadora de enfermagem e responsável pela ala de Saúde Mental do HCN.

 

Da mesma forma, a equipe do Gigante do Norte também trabalha ativamente para mostrar aos seus colaboradores a importância de estar cuidando da saúde mental e física, para que possam estar bem para cuidar de outras vidas. Pensando nisso, o Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento(IMED), organização responsável pela gestão do HCN, preocupa-se em cuidar de quem cuida e criou o projeto Conte com a Gente, iniciativa que busca auxiliar os colaboradores através da escuta e do encaminhamento para profissionais especializados.

HCN - Hospital Estadual do Centro-norte Goiano | IMED - Instituto de Medicina Estudos e Desenvolvimento | Ala da Saúde Mental
Fachada do Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano


A unidade de saúde mental do HCN já realizou 269 internações e mais de 324 atendimentos à população, sempre oferecendo aos seus pacientes um atendimento humanizado e respeitoso, com equipe capacitada para oferecer o tratamento adequado para cada caso. Os atendimentos e internações são regulados pelo estado, através da Secretaria de Estado da Saúde do governo de Goiás (SES-GO).

 

Setembro Amarelo

A campanha Setembro Amarelo é um momento fundamental para aumentar a conscientização sobre a prevenção do suicídio e destacar a importância da saúde mental em nossa sociedade, buscando conscientizar a população sobre os sinais de alerta, os fatores de risco e as maneiras de oferecer apoio às pessoas que estão passando por momentos difíceis.

É importante também destacar a importância de quebrar o estigma associado aos transtornos mentais, pois muitas pessoas relutam em buscar ajuda devido ao medo do julgamento social. A ala de Saúde Mental do HCN oferece um ambiente seguro onde os pacientes podem receber tratamento sem se sentirem estigmatizados. Isso é crucial para encorajar as pessoas a buscarem ajuda quando necessário.

Por isso, a ala de Saúde Mental e Psiquiatria de um hospital desempenha um papel essencial nesse contexto, oferecendo tratamento especializado e um ambiente livre de estigma para aqueles que enfrentam transtornos mentais. O apoio e a promoção de iniciativas como esta ajudam a garantir que todos tenham acesso ao tratamento e ao cuidado de que necessitam.

 

 

Assessoria de Comunicação do HCN

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Últimas