CDL realiza reunião com representantes da Segurança Pública, Câmara e Prefeitura Municipal

 



Reunião com representantes da segurança pública, autoridades do Poder Legislativo e Executivo Municipal, foi realizada no último dia 29 de maio para debater ações conjuntas de enfrentamento aos casos de furtos e roubos na cidade.


A CDL Uberlândia promoveu uma reunião com representantes da segurança pública, autoridades do Poder Legislativo e Executivo Municipal, para debater ações conjuntas de enfrentamento aos casos de furtos e roubos na cidade.

O comandante da 9ª Região da Polícia Militar, Coronel Fernando Marcos dos Reis, iniciou o simpósio, apresentando o cenário de criminalidade nos últimos anos e os resultados do trabalho realizado pelas forças de segurança em Uberlândia, com destaque para as operações: Disque Bebida (perturbação do sossego, infrações de trânsito e até tráfico de drogas), Fio Seguro (furto de fiação de cobre), GAECO (combate a facções criminosas, tráfico de drogas, lavagem de valores e crimes correlatos), Perversos (lideranças do PCC).

Entre os dados apresentados, o coronel destacou a altíssima taxa de reincidência criminal na cidade para furtos. Segundo ele, embora o número de prisões seja significativo, apenas 5% dos autores são efetivamente presos por crimes desta modalidade.

O presidente Cícero Heraldo Novaes frisou a incapacidade punitiva do Estado, sobretudo para crimes de pequeno e médio potencial ofensivo e reforçou o quanto a ausência de penas mais efetivas tem impactado na vida de empresas, trabalhadores e todo o setor produtivo. “O que presenciamos é uma inversão de valores. Os procedimentos judiciais não garantem segurança à vítima, pelo contrário, instauram o medo, já que não são capazes de punir com rigor e impedir que o infrator volte às ruas e cometa os mesmos crimes. Sem uma Legislação eficiente e que por leniência protege o infrator, estamos fadados a esse looping de impunidade: a polícia prende, a Justiça solta e a sociedade paga a conta”.

De acordo com o Sargento Ednaldo Régio de Lima, Secretário Municipal de Segurança Integrada, no ano passado, a prefeitura investiu cerca de 6 milhões nas forças de segurança do Estado e este ano, o montante deve chegar a mais de 7 milhões, incluindo a instalação de novas câmeras de videomonitoramento para áreas urbanas e rurais.

O vice-prefeito de Uberlândia, Paulo Sérgio Ferreira pontuou a importância da modificação das leis nacionais para coibir a atuação de criminosos e se prontificou a promover o diálogo entre lideranças da cidade e representantes da nossa região na Assembleia Mineira, no Congresso Nacional e no Governo de Minas.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Zezinho Mendonça, indicou uma série de fatores que contribuem para o aumento da insegurança no município, como o crescimento populacional, os movimentos migratórios ilegais e esquemas envolvendo invasões de propriedade privada e loteamentos clandestinos.

O líder da Câmara propôs a organização de uma comitiva, reunindo lideranças da cidade e Poder Público na busca por recursos junto ao Governo de Minas para o aumento do efetivo da Polícia Militar e Civil na região.

O delegado chefe da Polícia Civil, Marcos Tadeu de Brito Brandão, enfatizou a importância da união de forças, a fim de mobilizar o congresso para mudar a legislação e também sensibilizar o governador para aumentar o atual efetivo das polícias, que embora tenha alcançado grandes vitórias, não é suficiente para atender a demanda da segunda maior cidade de Minas Gerais.

Aberta a palavra aos participantes, os empresários requereram maior proximidade e facilidade de contato com a Polícia Militar no dia a dia.


O presidente Cícero finalizou o encontro, parabenizando o trabalho realizado pelas forças de segurança da cidade, principalmente no que diz respeito a diminuição de crimes maior periculosidade e reafirmou o compromisso da CDL, em apoiar e idealizar ações conjuntas, por uma cidade mais segura para morar, empreender, trabalhar e viver”.

A organização do encontro faz parte de uma demanda identificada pela Central de Apoio ao Empresário, um canal destinado aos associados com o objetivo de esclarecer dúvidas, mediar diálogos, acessar órgãos públicos e lutar por pautas importantes para o desenvolvimento das empresas locais. Conheça algumas ações aqui.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Últimas