Projeto "Greenplac na Prática" investe em formação profissional, diz José Roberto Colnaghi


O executivo, membro do Conselho Administrativo da Asperbras explica que o objetivo da carreta é a atualização de marceneiros, projetistas, arquitetos e designers


José Roberto Colnaghi - Transportes
Projeto GreenPlac na Prática

Promover educação continuada gratuita de marceneiros, projetistas, arquitetos e designers e aproximar a marca Greenplac das revendas e seus clientes é a proposta da carreta itinerante “Greenplac Na Prática”, que já percorreu 4 mil quilômetros nos estados do Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo e Minas Gerais. A primeira parte do itinerário foi percorrido   no período de setembro a dezembro do ano passado.

Em abril a carreta volta para a estrada para mais uma jornada em cidades paulistas. Até o momento, o projeto já ajudou na formação e reciclagem de 3 mil profissionais gratuitamente. “É uma contribuição da Greenplac para os profissionais da área, que são tão importantes no nosso setor, diz o empresário José Roberto Colnaghi, integrante do Conselho de Administração da empresa.

Nesta nova jornada, a carreta de 12 metros de cumprimento passará até agosto pela capital paulista, municípios da Grande São Paulo (Osasco, Carapicuíba, Santo André e Mauá), São José dos Campos, Botucatu e Jaú. Dentro, há padrões das seis linhas de MDF da Greenplac, que são apresentados aos diversos especialistas para que conheçam de perto os processos e os diferenciais produtivos da indústria.

Para os marceneiros, projetistas, arquitetos e designers, que são clientes das revendas, são oferecidos gratuitamente oito diferentes cursos, apresentados em workshops com o foco em Especificação e Tendências.  Os treinamentos vão de atividade básicas como o corte da madeira com diferentes tipos de ferramentas, composição do MDF e critérios de escolha do material na hora de atender às demandas dos clientes.

“Promover atualização profissional é uma oportunidade de interagir com as diferentes necessidades dos profissionais especialistas que precisam estar em constante aprimoramento” destaca José Roberto Colnaghi. O executivo ressalta também que grandes parceiros também acreditam na iniciativa “Greenplac Na Prática” e estão ao lado da marca neste projeto valorizando ainda mais o setor moveleiro:  Promob, Rehau, Proadec, Allparts, Tabone, Tegus, Blum, FGVTN, Italyline, JOELINI, Sulpen, Alternativa, Farben, Dicas de Marcenaria e Faculdade SENAI de Construção.

José Roberto Colnaghi - Transportes

Projeto GreenPlac na Prática

Historicamente, ao longo dos séculos, o ofício de marceneiro era uma profissão que passava de pai para filho através de gerações. No Brasil, o Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo criou o primeiro curso na área no século XX.  A carreta foi pensada para valorizar os laços que compõem a história e os profissionais do ramo moveleiro, inclusive a nova geração como arquitetos oriundos dessas famílias ligadas à marcenaria.

José Roberto Colnaghi - Transportes
José Roberto Colnaghi | Presidente do Conselho Administrativo da Asperbras Brasil

A carreta carrega o slogan `Para ser um artista moveleiro é preciso um caminhão de experiência. “Nossos profissionais são verdadeiros artistas e usam de muita criatividade, tecnologia e inovação em todos os projetos e produtos”, explica José Roberto Colnaghi. “Juntos, os dois ofícios – marceneiros e arquitetos - contribuem com o desenvolvimento deste setor tão importante no país”, complementa Colnaghi.

A empresa
A Greenplac possui uma das plantas industriais mais modernas do País na cidade de Água Clara (MS), com equipamentos de alta tecnologia e mão de obra treinada e capacitada.  São 230 pontos de venda em todo o Brasil e seus produtos são reconhecidos internacionalmente, como a conquista do Prêmio Interzum, maior feira de design de interiores e móveis da Alemanha, em 2017, pela linha Essenziale. 

Além de trabalhar com sua própria reserva natural de matéria-prima, a empresa realiza ações de proteção ao meio ambiente, como o tratamento de efluentes, reuso da água, coleta seletiva, geração de energia a partir da biomassa, técnicas de plantio e replantio, design circular, entre outras. Apoia, também, projetos junto a entidades para mão de obra fabril sustentável, como a parceria com o SENAI, a fim de oferecer o menor impacto social possível na fabricação de seus produtos.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Últimas