HCN abre processo para residência médica

São 4 oportunidades para clínica médica e mais 4 para clínica geral

 


O Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano (HCN) abre processo seletivo de candidatos para preenchimento de vagas de Residência Médica, com quatro vagas para clínica médica, com um período de duração de dois anos, e mais quatro vagas para cirurgia geral, com duração de três anos.

As inscrições começam a partir do dia 25 e vão até o dia 30 de janeiro. O processo é realizado exclusivamente pela internet, através do site http://www.ceremgoias.org.br.  O candidato deve realizar o pagamento da taxa de inscrição, assim como a documentação exigida no item 3.3 do edital.

A primeira etapa do processo será por uma prova de conhecimentos médicos, valendo 90 pontos, que acontecerá nas dependências do HCN no dia 4 de fevereiro das 14h às 18h. A segunda etapa é composta por análise curricular e valerá 10 pontos.

A divulgação do resultado da primeira etapa será no dia 10/2. Já a conclusão da etapa seguinte se encerra no dia 14/2. O resultado final do processo seletivo será publicado no dia 17 de fevereiro no site da Cerem Goiás.

Para maiores informações acesse o edital clicando aqui.

 

Benefícios da residência médica

A Residência Médica é considerada a forma de especialização médica mais eficiente do Brasil. É uma modalidade de pós graduação, com aprendizado supervisionado em serviço que ao seu final, confere ao médico o título de especialista naquela área. A expressão “residência médica” só pode ser empregada em programas que sejam credenciados pela Comissão Nacional de Residência Médica (CRNM), como aconteceu com os programas em Cirurgia Geral e Clínica Médica do HCN.

O Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED, organização social que administra o HCN, incentiva o conhecimento e especialização de todos seus colaboradores e, agora, também dos futuros médicos residentes.

Para a Dra. Erika Ortolan, diretora médica do IMED, “os hospitais que possuem residentes tem como característica a necessidade de preceptores sempre atualizados, aptos ao ensino, o que sem dúvida beneficia o hospital. O início dos programas de residência médica no HCN é mais uma etapa no planejamento de tornar o HCN um polo não só de saúde como também de ensino na área da saúde”, afirma a doutora.

Pesquisas mostram que um dos fatores que fixam o médico no local de trabalho, segundo a diretora médica, é a opção por permanecer na região que realizou sua residência médica.        “Temos o plano de expandir os programas de residência médica para outras especialidades, e também já temos aprovado os programas de residência multiprofissional que deverão ter seu início no próximo ano. Esperamos que em alguns anos, graças a esses programas de residência, tenhamos maior oferta de profissionais especialistas no centro-norte goiano”, conclui.

O Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – IMED, organização social que administra o HCN, incentiva o conhecimento e especialização de todos seus colaboradores e, agora, também dos futuros médicos residentes.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

Últimas