BTG Pactual lança programa de aceleração social para organizações que atuam na conservação da natureza

 O BTG Soma Meio Ambiente vai selecionar dez organizações da sociedade civil e negócios sociais que atuam no Cerrado, Pantanal, Amazônia e Mata Atlântica 


Estão abertas as inscrições para o BTG Soma Meio Ambiente, programa de aceleração social voltado para organizações - com ou sem fins lucrativos - que atuam com foco na conservação da biodiversidade dos biomas Pantanal, Mata Atlântica, Cerrado e Amazônia. O programa é uma iniciativa do BTG Pactual (BPAC11), o maior banco de investimentos da América Latina, em parceria com a AGO Social, negócio que atua nas áreas de conhecimento, conexão e investimentos de impacto. Serão aceitas as inscrições realizadas até as 17h de 31 de março.

“Com dois anos de existência, o BTG Soma desempenha um papel importante no ecossistema de negócios de impacto social. A busca pelo programa cresceu e dividi-lo em dois foi um processo natural para que a gente possa direcionar esforços para temas tão importantes quanto educação e meio ambiente, causas que apoiamos através da área de responsabilidade social do banco. Queremos oferecer apoio às organizações para que elas se desenvolvam de forma sustentável, com capacitação que garanta seu crescimento e a manutenção de suas ações”, explica o CEO do BTG Pactual, Roberto Sallouti.

Para o BTG Soma Meio Ambiente serão selecionadas dez organizações, que participarão de 54 horas de encontros, mentorias com especialistas da área e com voluntários do BTG Pactual, além de conexões e atividades práticas. No total, serão três meses de acompanhamento online e capacitação.

“O objetivo é desenvolver o ecossistema de empreendimentos socioambientais que contribuem para a conservação do meio ambiente e se apresentem como modelos favoráveis para uma economia regenerativa e distributiva em regiões brasileiras com elevado índice de destruição”, explica o cofundador da AGO Social, Alexandre Amorim.

O Programa contará com um comitê social, formado por grandes nomes do mercado, entre eles, o empresário e fundador do Instituto Atá, Alex Atala,  Malu Nunes, diretora executiva da Fundação Boticário e Alexandre Bossi, investidor, presidente da SOS Pantanal e vice-presidente da Onçafari, que irão apoiar na análise das organizações e estratégias traçadas para o BTG Soma Meio Ambiente.

Como se inscrever

Para participar do BTG Soma Meio Ambiente é preciso ser uma organização, com ou sem fins lucrativos, com pelo menos um ano de atividade e CNPJ ativo no ato da inscrição. A organização precisa ter impacto direto na conservação ambiental em um dos quatro biomas do projeto, atuando através de eixos como (porém não restrito): Geração de renda em ou para comunidades vulneráveis, desenvolvimento ou estímulo de cadeias sustentáveis, atividades de proteção a fauna e flora, atividades de pesquisa e advocacy, promoção da cultura e dos saberes tradicionais, técnicas de produção e cultivo de agroecológicos, entre outros.

O processo de seleção passará por quatro etapas: 1) Análise das inscrições via formulário; 2) 1ª etapa de qualificação: análise do vídeo de apresentação; 3) 2ª etapa de qualificação: entrevista individual; 4) Avaliação final do Comitê do BTG Soma Meio Ambiente.

As inscrições vão do dia 07/03 ao dia 31/03 e a participação no processo seletivo é gratuita. Para mais detalhes, basta acessar o site: https://conteudo.agosocial.com.br/btg-soma-meio-ambiente

BTG Soma

Desde 2020 o BTG Pactual fomenta o desenvolvimento institucional e a sustentabilidade financeira de organizações brasileiras por meio do BTG Soma, que está na 3ª edição e, a partir deste ano, contará com duas edições: uma focada em educação e outra direcionada a iniciativas de conservação ambiental.

Em um curto prazo, o BTG Soma evoluiu muito e prova que tem resultado. Ao final da segunda edição, o programa apoiou 16 instituições com mais de 100 horas de capacitação e workshops e 400 horas de mentoria, ministradas pelos mais de 50 voluntários do BTG. Juntas, as ONGs alcançaram, na média, um crescimento de 36% em suas gestões e 90% das metas estipuladas no plano de desenvolvimento do programa. Entre os temas trabalhados estão liderança e gestão, sustentabilidade financeira e expansão de impacto.

Ago Social

A Ago Social, parceira do projeto, é referência na potencialização de empreendedores e organizações sociais no Brasil, tendo impulsionado empreendimentos em mais de 14 estados brasileiros. A Ago conta com um time de mais de 50 especialistas que atuam como professores e mentores em seus programas, trazendo metodologias ativas e inovadoras para desenvolvimento desses atores. https://agosocial.com.br/


Postar um comentário

0 Comentários